quarta-feira, 25 de junho de 2008

Pós-adolescente?

Está estranhando o termo?
Bom, é isso mesmo, pós-adolescente!
Oras, se existe pré-adolescente, adolescente, por que não dizer que sou pós- adolescente?
Teria essa pessoa que vos escreve a tal síndrome de Peter Pan?
Não pessoa, não tenho síndrome nenhuma, até porque não quero parar no tempo, evoluir é o que há! Mas não me considero adulta ainda, também nem sou mais adolescente, então preferi me enquadrar como pós-adolescente.
Idade, responsabilidades, compromissos de gente adulta, com ritmo, emoções, aventuras e desventuras de adolescente.
Essa mistura e quase indefinição é o que define essse estágio da vida em que estou.
Aqui vou aproveitar para compartilhar com quem quer que queira, os desafios, as alegrias, as tristezas, as facilidades e dificuldades de migrar da adolescência para a vida adulta.
E claro, como não poderia deixar de ser, também vou contar alguns 'causos'...
Vou rir e chorar, agradecer e reclamar, desabafar e ouvir ...
Quem quiser... fique a vontade de acompanhar, opinar, dar bronca ou conselho pra essa pra essa pessoa aqui... O mundo é livre... esse blog também....
Afinal... a frase que me guia neste e ínicio é a seguinte:
"Vivendo e aprendendo a jogar, nem sempre ganhando, nem sempre perdendo mas, aprendendo a jogar!"
E vamos que vamos... porque a vida não para e o tempo não espera....
bjks ;) Dani Lima

2 comentários:

Jow =D disse...

Concordo plenamente, deviam msm definar a fase q estamos como um pós adolecentes... pois mesmo com as responsabilidades de adulto, ainda vejo o mundo com o olhar de uma criança, essa concerteza é e sempre vai ser a melhor fase de nossas vidas, pois é onde vamos ser livres pra aprender e viver loucamente essa Louca nada mole vida...hehehe
Melhor ser um pos adolecente com esperanças que um adulto desesperançado!!!
Mto show seus Blogs!!!

Bjão Linda!!!
Te Adoro!!!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.