quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Daquilo que se quer, praquilo que se vira...



Opa... meio de semana... ano quase acabando... aniversário chegando... e hoje eu parei pra ver uma coisa: como estão sendo meus dias.


Nossa, tô me sentindo uma paulista em pleno litoral. Não pareço nem de longe mais uma caiçara nativa da ilha. O fato é que anda tudo tão corrido, tão acelerado na minha vida que eu por muitas vezes esse anos já me perdi de mim mesma, tentando achar no corre-corre a minha própria personalidade. Academia, trabalho, tcc, faculdade, amores, encontros e desencontros, amigos e ufa... ainda tem meu blog que eu não posso largar. Vida louca pra quem nasceu vendo o mar. Quem é de fora sempre acha que caiçara passa o dia na praia, surfando, curtindo a marola e vive bronzeado.

Sendo assim, não sou mesmo mais tão caiçara... Branca com bronze de escritório, acordo as 5h30 da manhã pra começar o dia e só termino ele as 1h quando consigo dormir. Sinceramente isso não tá me fazedno muito bem, não ando muito sáudavel, fico doente por qualquer coisa, unhas e cabelos enfraquecidos pela falta de vitamina e stress. Ai...Quando a gente é adolescente tem tudo planejado pro nosso futuro né?. Hoje tava remexendo minhas coisas e vi aquela famosa camiseta rabiscada dos amigos do colégio... Ai.. eu ri quando reli os recadinhos da galera cheios de coisa tipo : "daniii... boa sorte na sua facul de farmácia, vai ser a unica farmaceutica marketeira" ...rs.... Senti como não segui meus planos rs...Ai eu queria ser famacêutica e bioquimica, dizia até que só iam descobrir a cura da Aids quando eu me formasse...rs.. Ok.. sempre fui um pouco pretensiosa. Queria ter a minha própria compania de teatro, já que como atriz desde os 6 anos, imaginei que com 20 já seria dona do mundo. Ai... que saudades de todos esses planos e que bom que eles não se realizaram. Sim.. bom! Precisei sair fora deles pra me tornar o que sou hoje... e sinceramente sou muito feliz e satisfeita. Suspeito que se tivessi sido aquilo que eu achava que podia ser bom pra mim, hoje eu não tava tão feliz. Teria me perdido pelo caminho e fracassado.

As coisas não sairam como eu esperava aos 16 anos, mas hoje aos 21, berando os 22, eu to numa profissão que eu amo, com um puta futuro promissor. A diferença é só que hoje eu tenho mais calma pra realizar os meus sonhos, devoro o mundo com os temperos que ele me oferece, não bato mais de frente com ele. Durante a faculdade dirigi 2 companias de teatro, não sou dona de nenhuma, mas hoje posso me dar ao luxo de escolher meus trabalhos de atriz, e tenho certeza que quando quizer produzir alguma coisa, tenho elenco que topa trabalhar pra mim. Fui aprendendo a ganhar as pessoas e não só o dinheiro, isso me dá segurança pra seguir em frente. Queria ter um apartamento de frente pro mar aos 18, hoje tenho um quarto, sala, cozinha e banheiro num bairro longe da praia. De farmacêutica virei publicitária, e com feeling pra cinema. Aliás, já sei o que fazer quando ganhar dinheiro e ficar velhinha: serei cineasta. rs...
Absorvi todo o conhecimento que passou na minha frente a vida toda e hoje eu sei que mesmo não sabendo tudo que eu preciso, minha cabeça tá lotada de coisas uteis e que me garantem poder encarar o mundo de frente. Meus amigos não são os mesmos da época da escola. A gente sempre acha que de um jeito ou de outro a gente vai arrastá-los pela vida toda. Ainda bem que existe orkut e pelo menos nos aniversários a gente troca scrap, porque a vida sempre leva cada um prum lado. Isso é bom também, nos obriga a abrir horizontes e formar novos circulos.

Hoje fiz minha dedicatória e os agradecimentos do meu trabalho de conclusão de curso da faculdade e enquanto escrevia, eu tentava achar milhares de palavras bonitas pra agradecer a todo mundo, mass nada bom me vinha a mente, então resolvi ser simples e falar só o essencial. Fato... chorei escrevendo. Porque lembrar de todos que fizeram eu me tornar forte como eu sou, capaz e me desafiaram a ser melhor que eu mesma achava que era é muito gratificante, é ae que a gente vê o quanto somos queridos e as vezes nem agradecemos de verdade. Mas foi bom, espero que o povo que tá no meu texto lá goste.

Tá acabando minha gente. Estamos entrando numa nova era. Onde eu descobri quem eu sou e o que eu quero, e agora eu consigo tudo que eu sonhei. Sem pressa, tenho a vida toda, mas sem demora... porque eu sou uma devoradora e tô com fome de futuro.

Imediatismo, superficialidade, efemeridades...Acho que sou uma moça fora de moda.Quero uma boa leitura, um papo-cabeça, um boteco com cerveja, em que eu possa clarear.Preciso de música boa, filmes de verdade e pensadores que me façam voar.E não me importo se estes são da época do my space, youtube e afins ou se tenho que vasculhar séculos para achá-los.Prefiro a boêmia aos modernosos. A nostálgia me atrai e o poeta me conquista.Mas não poso de musa do passado. Sou feminista!Na verdade o que procuro é "pureza". Na arte, nas coisas e nas pessoas. E para alcançá-la, às vezes é preciso ser muito impactante. O que é puro, é sincero, e isto, muitas vezes é brutal.

Hoje quis trazer pra vocês o que eu to ouvindo no momento, sempre gosto de por a música do dia, mas hoje serão os artistas do dia:
Viciada em música e caçadora de coisa boa, andei vasculhando coisas que fora do Guarujá podem não ser novidades mas por aqui como tudo demora pra chegar e eu tenho que caçar mesmo, encontri 3 coisas muito valiosas.
1) Fábio Góes - voz deliciosa de se ouvir, letras suavemente dramáticas e profundas, não é pra qualquer um, tem que ter conteúdo.
2)Estela Cassilatti - nem achei que era brasileira, até ver ela cantando em português, putz... bem mulher, bem romantica, mas não melosa [o q é essencial pra mim].

3) 3 na massa - extremamente minha cara, o album Confraria das Sedutoras.. diria docemente subversiva, sensual, e um "q" até erótico, letra que me deram uma puta vontade de montar um espetáculo só pra usar as musicas, perfeito.Ah... vontade de cantar, saudades de um palco me deu. =/
Ouçam os 3 galera. Muitooo booommmm...

"Eu fui ao fundo do poço....Só para pegar as moedinhas que as pessoas ditas felizes jogaram lá!e to fazendo um colar."
Ah.. a foto é da vista daqui da sacada de casa. O dia também fica nublado por aqui.rs...

Bjos doces e sorrisos azedos pra vcs...
Dani Lima =)


9 comentários:

Hebertt disse...

Muito bom o seu texto e poxa admito que ele me espira ao monte de coisas, acredite eu também sonho em fazer farmácia, descobrir a curar de doenças e ate revolucionar o mundo eu acho que estou naquela idade que as pessoas querem mudar mesmo o mundo e mudar ele de qualquer forma. Talvez no futuro eu pense como você e amadureça mais do que eu acho que sou maduro agora. Parabéns pelo final da faculdade e acredito todo mundo vai gostar do seus agradecimentos

Wilian Shopenhauer disse...

Tendo apenas 16 já percebi a diversidade de caminhos que podemos seguir ao longo de nossas vidas.

Quando tinha 12 anos sonhava em ser TI. Hoje com 16 e tendo feito mais de 8 cursos de informática percebi que isso não é pra mim. Tempo jogado fora devido aos mais de 8 cursos? É claro que não. Todo conhecimento é válido. Eu apenas não quero isso pra minha vida inteira. O mundo gira, nos mostra outras coisas. Pode até parecer meio clichê por todos falarem a fazerem as mesmas tatuagens sobre... mas a vida está em eterna mutação... borboletas soltas na natureza. ^^

Quero ser tão maduro e ter tanta visão de futuro quando estiver na sua idade.

Meus Parabéns. Você é sem dúvidas uma "mulher" diferente. Mente formada.

P.S: "No dia do seu niver eu mando um scrap." lá lá lá... Rsrs'

Bjos de seu admirador "quase" secreto. ;*

By Wilian Shopenhauer.

Duuh!. disse...

Ahh mentira que você é Publicitáriaa??? sonhoo fazer Publicidade, mais como você sabe, o mundo nos leva a caminhos inimaginavaeeis.

você viro minha seguidora, e nem apareceu, ai resolvi aparecer de curiosa! =D.

adoreei o blog.

beeiijokas

Bella disse...

Dani, adorei teu blog e adorei teu texto, muito legal!
Eu, com meus 16 quase 17 (aliás, meu níver tb está chegando..rsrs), espero conseguir tb aproveitar todas as oportunidades que me passarem pela frente, como venho tentando fazer.
Virei aqui masi vezes, com certeza!
abraços

Duuh!. disse...

Ahh Dani..
Deeus te ouça, fazer Publicidade é mesmo minha meta, meu objetivo principal!!!!!!!
quee bom que você andou visitando meu blog, me senti até importante ;D
boom só por isso vou dar meu selinho p/ você, olha que chiq, ele é EXLUSIVO, só p/ meus favoritos!
O selinho tah na LATERAL do blog, com o codigo html em baixo, é só copiar e colar. =D

beeijokas

Duuh!. disse...

Aii ô tah vendo.. seu blog fico muuuuito mais lingo c/ o selinho. hauahauahauahaua ;D

valeeu ter aceitado o selinho. =)

beijokas

Hebertt disse...

Nerds são sempre nerds(mesmo tenho 15 ou 40 anos) e porque eles são tímidos mais aqui estão alguns características dos nerds para você reconhecê-los .
• A pele sem bronzeado, falta de sol de tanto ficar na frente do computador.
• O esculacho com as roupas é outra. Costuma haver exceções, mas eles preferem se vestir para cobrir a nudez e não para atrair a atenção do sexo oposto.
• A falta de um certo traquejo social. Passaram a maior parte da adolescência estudando ou lendo coisas que achavam interessantes.
• Falta ou excesso de agressividade nas relações humanas. A grande competição do NERD é o vestibular ou notas mais altas. 20 marmanjos suando e correndo atrás de uma bola de futebol tende a ser encarado como "pouco produtivo" e desnecessário. Salvo quando o Brasil está na COPA, lógico.
• Pensamento exageradamente voltado para sexo. De ouvir falar, sabem muita coisa.

Hebertt disse...

Alias eu não sabia que você era uma atriz.eu adoro assitir peças adoro teatro adoro muito tudo isso. Alias você ainda vai achar um nerd perfeito para você(tenho que defender a minha classe não é?)

Wilian Shopenhauer disse...

Hehe'

Legal.. me chama sim...

Aquele diálogo ficou bem limitado... quando quiser um mais elaborado você me chama. *-*

Sobre Deus... pra esse cara eu não tenho palavras.. ele simplesmente é tudo na minha vida. ;D

Bjos.

By Wilian Shopenhauer